INDÚSTRIA 4.0: O PANORAMA DA PUBLICAÇÃO SOBRE A QUARTA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL NO PORTAL SPELL

Mauricio João Atamanczuk, Aldo Siatkowski

Abstract


A Quarta Revolução Industrial, também denominada Indústria 4.0 é pautada na Era da Informação. A evolução tecnológica aliada a necessidade de eficiência e a possibilidade de coleta e análise de dados em grandes quantidades tem impactado a forma de condução da gestão das organizações. Neste contexto, o presente artigo tem por objetivo investigar o panorama das publicações sobre o tema Indústria 4.0 divulgados no portal Spell. Foram analisados aspectos de origem e características da pesquisa e características da publicação. Identificou-se 39 artigos publicados entre 2013 e 2019. Os anos de 2018 e 2015 são os anos com maior número de publicações, demonstrando a atualidade do tema. Não há autores com destaque em relação ao número de publicações, contudo as universidades Uninove e Universidade Federal do Sergipe destacam-se como as mais produtivas. Destaca-se ainda o número de publicações no idioma inglês (30,8%). As pesquisa são predominantemente qualitativas baseadas em revisão de literatura ou estudo bibliométrico (61,5%). Os temas mais abordados são Big data e Internet das Coisas (IoT). 

Keywords


Indústria 4.0; Quarta Revolução Industrial, Análise bibliométrica; Big data; Internet das Coisas (IoT).

References


Araujo, A. C. de & Montini, A. de A. (2016). Técnicas de Big Data e Projeção de Risco de Mercado utilizando Dados em Alta Frequência. Future Studies Research Journal: Trends and Strategies, 8(3), 83-83.

Baaziz, A. & Quoniam, L. (2013). How to use big data technologies to optimize operations in upstream petroleum industry. International Journal of Innovation, 1(1), 30-42 .

Carvalho, T. & Souza, T. L. (2015). Internet das Coisas e Sua Aplicação em Bibliotecas. Gestão.Org - Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, 13(Ed. Especial), 264-270.

Daudt, G. & Willcox, L.D. (2018). Critical Thoughts on Advanced Manufacturing: The Experiences of Germany and USA. Revista de Gestão, 25(2), 178-193.

Davis, N. (2016). What is the fourth industrial revolution? World Economic Forum . Recuperado em 26 julho, 2019, de https://www.weforum.org/agenda/2016/01/what-is-the-fourth-industrial-revolution/

Farias, C. A., Zaleski Neto, J., Zulietti, L. F. & Ruggiero, S. (2013). No limiar da quarta revolução industrial: iniciativas para sustentabilidade por empresas líderes do setor automotivo rumo a nova economia. Revista de Administração FACES Journal, 12(3), 82-95.

Félix, B. M., Tavares, E. & Cavalcante, N. W. F. (2018). Fatores Críticos de Sucesso para Adoção de Big Data no Varejo Virtual: Estudo de Caso do Magazine Luiza. Revista Brasileira de Gestão de Negócios, 20(1), 112-126.

Ferlin, E. P. & Rezende, D. A. (2019). Big Data' Aplicado à Cidade Digital Estratégica: Estudo sobre o Volume de Dados das Aplicações 'Smart City'. Revista Gestão & Tecnologia, 19(2), 175-194.

Ferreira, E. P., Branco Júnior, M. R. F., Lsnard, P., França, R. S. & Aguiar Filho, A. S. (2018). Gestão do Conhecimento, Internet das Coisas e Inovação: A Relação dos Temas e a Intensidade de Pesquisas Realizadas. Navus - Revista de Gestão e Tecnologia, 8(3), 99-112.

Ferreira, T. S. V. & Costa, F. J. (2017). Big Data: Reflexões Epistemológicas e Impactos nos Estudos de Finanças e Mercado de Capitais. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade, 11(4), 396-407.

Freitas Junior, J. C. S., Maçada, A. C. G., Oliveira, M. & Brinkhues, R. A. (2016). Big Data e Gestão do Conhecimento: Definições e Direcionamentos de Pesquisa. Revista Alcance, 23(4), 529-546.

Galegale, G. P., Siqueira, E., Silva, C. B. H. & Souza, C. A. (2016). Internet das Coisas aplicada a negócios – Um estudo bibliométrico. Journal of Information Systems and Technology Management, 13(3), 423-438.

Gil, A. C. (1991). Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas.

Gomes, G. S. & Bergamo, F. V. M. (2018). Chegou a Era da Internet das Coisas? Um Estudo sobre Adoção de Objetos Inteligentes no Contexto Brasileiro. Revista Brasileira de Marketing, 17(2), 251-263.

Harari, Y. N. (2018). 21 Lições para o século 21. São Paulo: Companhia das Letras.

Jesus Junior, A. & Moreno, E. D. (2015). Segurança em Infraestrutura para Internet das Coisas. Gestão.Org - Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, 13(Ed. Especial), 370-380.

Kagermann, H., Wahlster, W. & Helbig, J. (2013). Recommendations for implementing the strategic initiative Industrie 4.0. Acatech, National Academy of Science and Engineering. Recuperado em 27 julho, 2019, de https://www.din.de/blob/76902/e8cac883f42bf28536e7e8165993f1fd/recommendations-for-implementing-industry-4-0-data.pdf

Klein, A., Pacheco, F. B. & Righi, R. R. (2017). Internet of Things-Based Products/services: Process and Challenges on Developing the Business Models. Journal of Information Systems and Technology Management, 14(3), 439-461.

Lakatos, E. M. & Marconi, M. A. (1991). Fundamentos de metodologia científica. 3.ed. São Paulo: Atlas.

Laskoski, F. C. (2017). Big Data e Analytics: A Percepção dos Líderes sobre o Processo de Tomada de Decisões Amparado por Dados. Navus - Revista de Gestão e Tecnologia, 7(3), 60-70.

Luvizan, S. S., Meirelles, F. & Diniz, E. (2015). Big Data: Evolução das Publicações e Oportunidades de Pesquisa. Revista Eletrônica de Sistemas de Informação, 14(3), 1-19.

Macedo, R. A. G., Marques, W. D., Belan, P. A. & Araújo, S. A. (2018). Automatic Visual Inspection of Grains Quality in Agroindustry 4.0. International Journal of Innovation, 6(3), 207-216.

Macias-Chapula, C. A. (1998). O papel da informetria e da cienciometria e sua perspectiva nacional e internacional. Ci. Inf., Brasília, 27(2), 134-140.

Magalhães, J., Bastos, A. C. N. & Barroso, W. (2016). Cenário Global e Glocal das Tendências Científicas e Tecnológicas em Diabetes: uma Abordagem do Big Data em Saúde no Século 21. Revista de Gestão em Sistemas de Saúde, 5(1), 1-14.

Magalhães, J., Hartz, Z., Antunes, A. & Martins, M. R. (2017). An Overview of the Open Science in Times of Big Data and Innovation to Global Health. International Journal of Innovation, 5(3), 270-288.

Magalhães, R. & Vendramin, A. (2018). Os Impactos da Quarta Revolução Industrial. GVExecutivo, 17(1), 40-43. Recuperado em 20 julho, 2019, de http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/gvexecutivo/article/viewFile/74093/71080

Mazieri, M. & Soares, E. D. (2016). Conceptualization and Theorization of the Big Data. International Journal of Innovation, 4(2), 23-41.

Medeiros, F. S. B., Colpo, I., Schneider, V. A. & Carvalho, P. S. (2018). Internet of Things': Uma Investigação do Conhecimento Científico em Artigos Acadêmicos na Última Década. Revista Eletrônica de Administração e Turismo, 12(7), 1652-1674.

Mendonça, C. M. C., Andrade, A. M. V. & Sousa Neto, M. V. (2018). Uso da IoT, Big Data e Inteligência Artificial nas Capacidades Dinâmicas. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, 12(1), 131-151.

Monteiro, P. R. R. (2015). Percursos, oportunidades e desafios para a modelagem em marketing na era do Big data. Revista Interdisciplinar de Marketing, 5(1), 102-108.

Nascimento, C. A. X., Hsu, P. L., Meneghatti, M. R., Barzotto, L. C. & Rodrigues, L. C. (2018). Inovação nos Negócios por meio da Análise de Big Data. International Journal of Professional Business Review, 3(1), 96-112.

Nemoto, M. C. M. O., Santos, G. Z. V. & Pinochet, L. H. C. (2018). Adoção de Inovação: Internet das Coisas para Melhoria de Desempenho de Sustentabilidade na Klabin. Revista Gestão & Tecnologia, 18(1), 197-224.

Pacheco, F. B., Klein, A. Z. & Righi, R. R. (2016). Modelos de negócio para produtos e serviços baseados em internet das coisas: uma revisão da literatura e oportunidades de pesquisas futuras. Revista de Gestão, 23(1), 41-51.

Pinochet, L. H. C., Lopes, E. L., Srulzon, C. H. F. & Onusic, L. M. (2018). The Influence of the Attributes of 'Internet of Things' Products on Functional and Emotional Experiences of Purchase Intention. Revista de Administração e Inovação, 15(3), 303-320.

Reis, A. C. B. C. D., Iacovelo, M. T., Almeida, L. B. B. & Costa Filho, B. A. (2016). Marketing de Relacionamento: Agregando Valor ao Negócio com Big Data. Revista Brasileira de Marketing, 15(4), 512-523.

Roblek, V., Mesko, M. & Krapez, A. (2016). A Complex View of Industry 4.0. Sage Open, 6(2). Recuperado em 26 julho, 2019, de http://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/2158244016653987.

Salvador, A. B. & Ikeda, A. A. (2015). Big data na gestão de crise de marca: um ensaio exploratório. Revista Interdisciplinar de Marketing, 5(1), 3-14.

Samuel, J. (2017). Information Token Driven Machine Learning for Electronic Markets: Performance Effects in Behavioral Financial Big Data Analytics. Journal of Information Systems and Technology Management, 14(3), 371-383.

Santos, C. C. & Sales, J. A. (2018). Internet of Things: Is There a New Technological Position?. International Journal of Innovation, 6(3), 287-297.

Santos, C. C. & Sales, J. D. A. (2015). O Desafio da Privacidade na Internet das Coisas. Gestão.Org - Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, 13(Ed. Especial), 282-290.

Santos, G. A. D., Machado, G. J. C., Almeida Junior, R. A. & Souza, M. S. (2015). Internet of Things (IoT): Um Cenário Guiado por Patentes Industriais. GESTÃO.Org - Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, 13(Ed. Especial), 271-281.

Santos, I. L. D., Santos, R. C. D. & Silva Junior, D. S. (2019). Análise da Indústria 4.0 como Elemento Rompedor na Administração de Produção. Future Studies Research Journal: Trends and Strategies, 11(1), 48-64.

Schwab, K. (2016). A quarta revolução industrial. São Paulo: Edipro.

Schwab, K. (2018). Aplicando a quarta revolução industrial. São Paulo: Edipro.

Silva, V. L., Kovaleski, J. L. & Pagani, R. N. (2019). Technology Transfer and Human Capital in the Industrial 4.0 Scenario: A Theoretical Study. Future Studies Research Journal: Trends and Strategies, 11(1), 102-122.

Silveira, M., Marcolin, C. B. & Freitas, H. M. R. (2015). Uso Corporativo do Big Data: Uma Revisão de Literatura. Revista de Gestão e Projetos, 6(3), 44-59.

Souza, A. C. R., Correa, M. I. S., Moraes, I. C., Fernandes, L. M. A. & Silva, J. A. F. (2015). Significados Associados à Internet das Coisas no Brasil à Luz da Construção Social da Tecnologia. Gestão.Org - Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, 13(Ed. Especial), 254-263.

Uwizeyemungu, S., Poba-nzaou, P. & St-pierre, J. (2015). Assimilation Patterns in the Use of Advanced Manufacturing Technologies in SMEs: Exploring their Effects on Product Innovation Performance. Journal of Information Systems and Technology Management, 12(2), 271-288.

Verma, S. (2017). The Adoption of Big Data Services by Manufacturing Firms: An Empirical Investigation in India. Journal of Information Systems and Technology Management, 14(1), 39-68.

World Economic Forum, (2017). System Initiative on shaping the Future of Production: Impact of the Fourth Industrial Revolution on Supply Chains. WEF. Recuperado em 26 julho, 2019, de http://www3.weforum.org/docs/WEF_Impact_of_the_Fourth_Industrial_Revolution_on_Supply_Chains_.pdf




DOI: https://doi.org/10.24023/FutureJournal/2175-5825/2020.v12i1.459

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM




Copyright (c) 2019 Future Studies Research Journal: Trends and Strategies

Future Stud. Res. J. e-ISSN: 2175-5825

Mailing Address: Avenida Drª Ruth Cardoso, 7221 - CEP 05425-070 - Pinheiros - São Paulo/SP - Brasil

The publications of this journal are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.