Uso de Sistema de Informação Geográfica na Gestão do Marketing Mix: o caso de uma rede de calçados femininos

Rafaela Almeida Cordeiro, Denise Barbone, Ricardo Chagas Cruz, Eduardo de Rezende Francisco

Abstract


O caso refere-se a uma rede de lojas de calçado feminino (Rede A) que enfrenta problemas de estoque. A empresa não usa informações sobre clientes e localização do ponto de venda para renovar seu estoque, o que gera diminuição das vendas, excesso de produtos em algumas lojas e ruptura em outras, já que os modelos dos calçados adquiridos chegam a ser superiores (inferiores) à demanda. Assim, o objetivo do trabalho é mostrar como as ferramentas de Sistema de Informação Geográfica (SIG) podem ser aplicadas para solucionar o problema utilizando dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Observou-se que a gestão do composto de marketing da Rede A não está alinhada ao seu público alvo e potencial. A análise forneceu insights para ações a serem tomadas em relação ao mix de produtos das lojas, à precificação, à localização dos pontos de venda e ao posicionamento da marca. As contribuições das ferramentas de geomarketing e geoinformação são fundamentais para as decisões de varejo. A técnica de geoprocessamento permite analisar fenômenos e distribuições aplicadas ao marketing na medida em que auxiliam na identificar de padrões, além de utilizar, simultaneamente, inúmeros bancos de dados. Este trabalho contribui para ampliar a discussão sobre as ferramentas SIG na área de marketing e para mostrar como ferramentas e dados gratuitos podem ser fortes aliados ao negócio.


Keywords


Geomarketing. Marketing Mix. Sistema de Informação Geográfica.

References


Aranha, F. (1996). Sistema de Informação Geográfica: uma arma estratégica para o Database Marketing. Revista de Administração de Empresas, 36 (2), 12-16.

Baviera-Puig, A., Roig-Tierno, N., Buitrago-Vera, J., & Mas-Verdu, F. (2013). Comparing trade areas of technology centres using ‘Geographical Information Systems’. The Service Industries Journal, 33 (7-8), 789-801.

Blackwell, R.D., Miniard, P.W., & Engel, J.F. (2011). Comportamento do consumidor. São Paulo: Cengage Learning.

Corujo, M. S. (2014). A contribuição do geomarketing para o processo decisório de localização de empresas de varejo: Um estudo de caso em uma empresa de vestuário feminino. Dissertação de Mestrado, Pontifícia Universidade Católica, PUC, Rio de Janeiro, Brasil.

Fagundes, A.F.A., Moriguchi, S.N., Vargas, R.T, Santana, E.E.P., & Sousa, C.V. (2009). A contribuição do geomarketing para a administração de vendas: um estudo de caso em uma empresa de telecomunicações. Anais do Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 29, Salvador, BA, Brasil.

Gijsbrechts, E., Campo, K., & Goossens, T. (2003). The impact of store flyers on store traffic and store sales: a geo-marketing approach. Journal of Retailing, 79(1), 1-16.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2010). Recuperado em 28 de junho, 2016, de http://www.censo2010.ibge.gov.br/

Kamakura, W. A., & Mazzon, J. A. (2013a). Socioeconomic status and consumption in an emerging economy. International Journal of Research in Marketing, 30, 4-18.

Kamakura, W. A., & Mazzon, J. A. (2013b). Estratificação socioeconômica e consumo no Brasil. São Paulo: Blucher.

Kotler, P. & Keller, K.L. (2006). Administração de Marketing. 12 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Machado, C.C., Francisco, E.R., & Ribeiro, J.G.P. (2006). A Geodemografia e os Estudos de Mercado: Identificação de Mercados Potenciais. In J. R. S. Guimarães (Org.). Demografia dos negócios: campo de estudo, perspectivas e aplicações (vol. 3, pp. 77-95). Campinas: ABEP.

Miller, F. L., Holmes, T. L., & Mangold, W. G. (2007). Integrating geographic information systems (GIS) into the marketing curriculum. Marketing Education Review, 17 (3), 49-63.

Mittal, V., Kamakura, W. A., & Govind, R. (2004). Geographic patterns in customer service and satisfaction: An empirical investigation. Journal of Marketing, 68 (3), 48-62.

Nunes, A., Santana, C., Bezerra, F., & Sobral, N. (2014). Knowledge Acquisition Based on Geomarketing Information for Decision Making: A Case Study on a Food Company. International Journal of Innovation, Management and Technology, 5 (6), 422-427.

Ozimec, A. M., Natter, M., & Reutterer, T. (2010). Geographical information systems-based marketing decisions: Effects of alternative visualizations on decision quality. Journal of Marketing, 74 (6), 94-110.

Pozzebon, M. & Delgado, N. (2012). Participatory Geographic Information Systems in Sierra Nevada, Mexico. Revue international de cas en gestion, 10 (1), 19p.

Prochnow, R. M. (2011). Potencial dos dados do setor censitário brasileiro aplicado ao marketing de um fast food delivery. Revista Geográfica de América Central, 2 (47E), 1-22.

Thompson, S. (Outubro 2010). Using GIS for Local-Market Penetration, Winning Strategies. Franchising World, 23-25.

Wedel, M. & Kamakura, W. A. (2000). Market segmentation: Conceptual and methodological foundations. Boston: Kluwer Academic.




DOI: https://doi.org/10.24023/FutureJournal/2175-5825/2017.v9i1.280

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM

Comments on this article

View all comments




Copyright (c) 2017 Future Studies Research Journal: Trends and Strategies

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Future Stud. Res. J. e-ISSN: 2175-5825

Mailing Address: Avenida Drª Ruth Cardoso, 7221 - CEP 05425-070 - Pinheiros - São Paulo/SP - Brasil

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.